Como conquistar a independência financeira rápido

O brasileiro de maneira geral vive em busca de fórmulas mágicas para ficar rico da noite para o dia. Só com a Mega-Sena, por exemplo, gastamos bilhões todos os anos. Queremos tudo “para ontem” e por isso o “day trade” é tão sedutor; pois traz a promessa de ganhos rápidos e fáceis. Mas a verdade é que, dos poucos “day traders” que persistem por mais de 300 pregões, 97% têm prejuízo e 2,6% registram lucro inferior a R$ 300,00 por pregão (considerando um mês de 20 dias úteis e a tributação de 20%, estamos falando de um lucro líquido menor que R$ 4.800,00 por mês).

Eu não vim aqui para trazer nenhuma “dica quente”, nem “cantar” a próxima MGLU3. Apenas dizer para você que tem pressa de atingir seus objetivos financeiros: é possível se aposentar muito antes dos clássicos 65 anos! E sua jornada rumo à independência financeira não deveria levar mais de 10 a 20 anos, se você focar nos dois elementos básicos que estão sob o seu controle:

  1. Gaste menos do que ganha (taxa de poupança); e
  2. Invista a diferença com sabedoria (taxa de retorno).

Você já deve ter brincado com alguma calculadora de juros compostos e percebido que a taxa de retorno dos seus investimentos tem efeito exponencial no longo prazo (se não, brinque aqui). Mas se os juros compostos são a “oitava maravilha do mundo” segundo Einstein, apresento-lhes a nona:

A subestimada taxa de poupança (TP).

Por mais contra intuitivo que possa parecer, se você tem pressa de atingir a independência financeira, a taxa de retorno (TR) tem importância secundária. O que mais importa é sua taxa de poupança (TP)!

Taxa de poupança nada mais é do que a porcentagem do salário líquido que você consegue poupar e, obviamente, investir.

Sua Taxa de Poupança é formada por duas variáveis: o seu Salário Líquido e seu Custo de Vida.

Exemplo: Se João e Maria têm uma renda familiar líquida de R$ 10.000,00 por mês, mas precisam de “apenas” R$ 9.000,00, eles poupam R$ 1.000,00 todo mês. Portanto, sua taxa de poupança é 10%. A conta é muito simples, mas para números quebrados uma fórmula ajuda.

“Mas IFP, óbvio que quanto mais eu poupar mais patrimônio eu acumulo. Qual é o segredo nisso?”

Parece um detalhe bobo, eu sei. Se você poupa R$ 1.000,00 em vez de R$ 500,00, pode esperar que a mágica dos juros compostos terá efeito dobrado no mesmo período de tempo. E sim, você está certo. Mas esse é apenas um dos benefícios de aumentar sua TP.

O gráfico abaixo mostra a quantidade de anos até a independência financeira (eixo vertical) de acordo com cada taxa de poupança (eixo horizontal) considerando o mesmo custo de vida após atingir IF.

Anos necessários para atingir a independência financeira de acordo com diferentes taxas de poupança.

A imagem acima é interessante por dois motivos:

  • Em primeiro lugar, não há menção de salário no gráfico. Não importa se sua renda familiar é R$ 4.000,00, R$ 40.000,00 ou R$ 400.000,00. A única coisa que importa é sua TP.
  • Em segundo lugar, ele é logarítmico, e não linear. Isso acontece porque “aumentar a sua TP” tem efeito dobrado. Ou seja, além de aumentar a quantidade de dinheiro poupado todo mês, implica em uma diminuição do custo de vida em relação à renda e, consequentemente, da quantidade de patrimônio que você precisa acumular. Em outras palavras, “aumenta a velocidade que você está correndo” e “traz a linha de chegada mais para perto”. É por isso que o aumento da TP produz essa linda curva invertida, parecida com a dos “juros compostos”.

Abaixo podemos ver a quantidade de anos até a independência financeira para alguns exemplos de taxas de poupança.

Tabela de anos até a independência financeira para cada taxa de poupança.

Se João e Maria fizerem alguns ajustes em suas finanças – cancelarem a TV a cabo, passarem a levar almoço pro trabalho de casa, pararem com a mania de trocar de carro toda vez que o cheirinho de novo acaba e/ou passarem a morar perto do trabalho (enfim, sua criatividade é o limite) – para aumentar sua taxa de poupança de 10% para 30%, podem reduzir sua jornada rumo à independência financeira em 23,4 anos!

Podem parar de trabalhar 23,4 anos mais cedo!! Considerando que trabalham 40 horas semanais, essa pequena mudança equivale a recuperar umas 45 mil horas de suas vidas (cada um) para usarem como quiser!!

Mini aposentadoria:

Vamos supor que você quer apenas um ano sabático pra fazer aquele “mochilão raiz” dos sonhos (mantendo o mesmo custo de vida). Quantos anos precisaria trabalhar para viver um ano só do que acumulou?

Tabela taxa de poupança para mini aposentadoria de um ano.
Tabela desconsidera inflação e retorno de investimento.

Acho que já deu pra entender o efeito “mágico” da taxa de poupança no curto prazo, né?

A TR também é muito importante querido(a) IFólogo(a). Mas, além de não estar sob seu controle, ela só faz mágica no longo prazo. Vamos comparar o gráfico da TP com TRs de 2% a.a., 5% a.a. e 10% a.a.

Gráfico de tempo até a independência financeira conforme taxas de poupança e taxas de retorno diferentes.

Conforme abordado no livro “Quit Like a Millionaire“, quanto mais à esquerda do gráfico você estiver (poupador medíocre), mais dependente de uma TR extraordinária você fica (algo que não está sob seu controle). Por outro lado, quanto mais à direita do gráfico você ficar (poupador hardcore), mais poderoso é o efeito da sua TP e menos relevante é a TR na sua curta jornada IF.

diferença de tempo até a independência financeira entre o poupador medíocre e o poupador hardcore.

Ou seja, o mais importante é ser “hardcore” na sua TP e não fazer como eu fiz até meus 30 anos. Não se contente com a ideia de que não dá para reduzir o seu custo de vida sem reduzir sua qualidade de vida (seja criativo). Se você está lendo esse post do seu computador/celular, mas está esperando o próximo aumento de salário para começar a poupar, provavelmente já está sofrendo de “inflação de estilo de vida”, e vai continuar inconscientemente ajustando o seu custo de vida ao seu novo salário se não fizer algo a respeito. Eu, por exemplo, vi minha renda familiar aumentar em mais de 600% nos 7 primeiros anos de casamento e minha TP permanecer na mesma mediocridade até eu “acordar” para a sua importância. Não faça como eu. Descubra como escapar da “inflação de estilo de vida” aqui.

Portanto, se você já poupa alguma coisa, parabéns, já está na direção certa. Mas lembre-se que cada 1% a mais que você poupa tem efeito composto no tempo necessário para atingir a independência financeira.

Quanto maior a taxa de poupança, mais a independência financeira se transforma em uma certeza matemática (e não apenas uma vaga possibilidade).

Portanto, o que realmente vai acelerar a sua independência financeira é:

Poupar o máximo possível, o mais rápido possível e não ficar preocupado em acertar “timing” de mercado ou a “queridinha da vez”.

Isso você consegue reduzindo o seu custo de vida e aumentando o seu salário (preferencialmente os dois), não perdendo tempo com especulação. Exercitar o “músculo da frugalidade” e investir no seu capital humano são variáveis que estão totalmente  sob seu controle, já o retorno dos seus investimentos não.

Fico por aqui com uma citação de Jim Mott retirada do livro “Dinheiro: Domine esse jogo – 7 passos para a liberdade financeira” por Tony Robbins.

“You can be rich by having more than you need, or by needing less than you have.”

“Você pode ser rico tendo mais do que precisa, ou precisando de menos do que tem.”

Jim Mott – (tradução livre)

O que você pode fazer hoje para aumentar sua taxa de poupança em 1% e turbinar sua jornada rumo à independência financeira?


Siga nossas redes sociais para não perder nenhuma novidade!


Isenção de responsabilidade

O ifologiapop.com disponibiliza gratuitamente informações que o autor acredita serem corretas. Entretanto, em nenhum momento o autor oferece conselho individualizado e as informações disponibilizadas aqui podem não ser adequadas ao seu perfil de investidor. O autor não é um profissional licenciado na área financeira, apenas um estudioso e entusiasta de assuntos relacionados à independência financeira (conheça mais sobre o autor aqui). Caso o leitor necessite assistência especializada sobre qualquer questão legal e/ou financeira, recomenda-se a consulta de um profissional. Esse blog não tem o intuito de servir como base para qualquer decisão financeira e nenhuma garantia é feita sobre a veracidade das informações aqui contidas. Resultado passado não é garantia de resultado futuro. Portanto, o autor especificamente se isenta de responsabilidade por qualquer consequência direta ou indireta do uso e aplicação de qualquer informação aqui contida.


Este post contém link(s) afiliado(s). Ao comprar qualquer produto pelo(s) link(s) acima, o “Ifologia Pop” receberá uma pequena comissão sem nenhum custo adicional para você.

2 comentários em “Como conquistar a independência financeira rápido”

  1. Eu também perdi muito tempo! Mas, finalmente, prestes a completar 33 anos, começarei meus investimentos no mercado financeiro. As projeções destas planilhas me animam, como eu consigo poupar em torno de 2/3 do meu salário, em 10 conseguiria um bom retorno. Assim seja! Rsss.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.